O primeiro post

Bom, depois de hesitar bastante, finalmente decidi começar a escrever um pedacinho da minha vida aqui. Ainda me sinto um pouco estranha com esta decisão já que nunca fui de escrever minhas histórias em um diário. Gosto de internet e computadores, então acredito que não sera dificil passar da barreira do primeiro post. Aqui vou escrever minhas descobertas cotidianas num “mundo novo” além das aventuras no aprendizado do sueco. O importante neste momento é que eu possa dividir com meus amigos e familiares minhas experiências e meu processo de adaptação na Suécia.

O Enquanto isso…nasceu depois de acompanhar durante vários meses as aventuras de Maria Fabriani, jornalista brasileira-sueca que mora no norte da Suécia, através do mui querido Monhanha Russa e do falecido Caipirinha sueca, ressussitado e completamente reformulado em Virada à Paulista da publicitária paulista Marina Carvalho. Além disso, tem também o Brassar (da publicitária carioca Joana Öberg), pelo qual tenho um carinho muito especial e para o qual tento, na medida do possível, colaborar.

Vou adotar aqui, ao final de cada post, o mesmo método utilizado por Maria: a palavra do dia em sueco com sua respectiva tradução. A idéia original nao é dela, mas do jornalista americano Francis Strand que mora em Estocolmo e tem um blog em inglês que se chama How to learn swedish in 1000 difficult lessons. Mas como vi pela primeira vez no Montanha …

  • A palavra em sueco do dia é att börja, começar

11 thoughts on “O primeiro post

  1. Aninha says:

    Ju, minha Jujubinha! Saudade enorme de vc! Vou juntar dinheirinho pra um dia ir te visitar. Já pensou nas nossas aventuras em plena Suécia? Minha noooooossa! Tudo de bom, hein? Beijos e se cuida!

  2. Aninha says:

    Ju, adorei poder acompanhar de longe a sua trajetória em terras vikings. É maravilhoso descobrir novas culturas, aprender outro idioma, apesar das dificuldades, né? Saiba que mesmo estando longe, a minha torcida por vc é incondicional e tenho certeza que vc ainda vai ser muito feliz, mais ainda do que já está sendo! Beijos e muita saudade, Aninha.

  3. Lúcio says:

    Querida Ju,

    Parabéns pelo seu novo diário nada secreto! Boas vibrações aí em terras nórdicas.

    Curta aí bastantee!!! Do seu ausente amigo, lúcio

  4. calmon says:

    Menina so na europa pra alguem ter a ideia de divulgar um diario,chique né. Um beijo enorme e felicidades

  5. Aninha amore, obrigadão pela força. Espero somente o teu ficar pronto. Xero!! :)

    Lucio querido, quanto tempo!! Espero te ver por aqui mais vezes. ; )

    Não é so pela europa que as pessoas fazem blog, Mena. Existem muitos em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil. Xero ;p

  6. ismenia says:

    ah ta!!!desculpe minha ignorancia,mais sou da paraiba visse!!!nao me acostumei com essas coisas ainda!!!mais ça va venir!!!gros bisous!

  7. Oi Mena, não se preocupe com isso. Estamos aqui para aprender mesmo, não? Quem sabe daqui a pouco você não está com o seu blog no ar 😉 . Xero

    Olá Carina, obrigada pela visita. Volte sempre!! :)

  8. Oi Ju,

    Muito prazer em conhece-la (virtualmente falando). Li quase tudo ai para cima, e espero que blogar te ajude como me ajudou. Entendo que a vida de expatriada eh um recomeco. Um grande beijo!
    Ale

  9. Oi Ale! O Prazer é todo meu 😉 E sim, blogar está me ajudando mesmo! O problema é o vício que acompanha o ato. Não quero mais desgrudar da máquina :mrgreen: Seja bem vinda ao Enquanto isso… Xero !!

  10. clelia lima silva says:

    amada sobrinha, so agora é que pude ver o seu saite, adorei tudo que escreves e de seus pensamentos, se nao temos familia por perto, essa é a maneira que encontraste de estamos juntas, nao só da familia como dos amigos, devemos nos virar como podemos e esse foi o caminho que vc encontrou e por sinal muito salutar. um grande beijo carinhoso.

Comments are closed.