Cervo, brechó e biblioteca…

Finalmente estou sem “nada” para fazer. A minha preocupação maior foi com a prova de ontem. Esta etapa já passou. Que venham outras!!!!

Acabei viajando em nem contei do encontro com as meninas na última quarta-feira. Foi bem legal. Passeamos bastante, fomos a dois brechós no centro, “visitamos” um supermercado, almoçamos, encontramos Joana e fomos à uma apresentação de alguns trabalhos finais do curso de Multimedia da Universidade de Estocolmo, no Kulturhuset. Não gostei muito do que foi apresentado, talvez seja porque sou exigente demais, mas resumindo, achei muito xoxinho. Neste dia, falamos tanto, tanto que à noite não consegui encontrar minha voz. Com tosse e rouca, quer coisa melhor?? O difícil foi permanecer calada até o outro dia. hohohoho Quem me conhece sabe o quanto sou tagarela… Me despedi das meninas, já que precisava correr para casa e arrumar as malas, com um outro encontro “na agulha”. Próxima quinta (24), Nicole estará vindo para Estocolmo e é só mais um motivo para estarmos juntas novamente.

radjur2.jpg

Sim, mas como disse ontem, vida sem internet é realmente difícil. Senti tanta falta de estar aqui, uma secura quase desesperada de navegar e ler mais e mais, ter notícias de pessoas queridas e de estar perto, mesmo longe. Só depois do feriado me dei conta que precisava deste descanso. E foi tão bom. Durante esses dias, conversei bastante com minha sogra, comecei a estudar para tirar a carteira de motorista sueca, aprendi a fazer pão (branco e integral) no forno a lenha, a cortar grama com o cortador à gasolina – ecológica, vale salientar – (tarefa nada fácil), a preparar a terra para receber as sementes, plantar batata, cenoura, cebola e outras cositas mas, e, o mais lindo de tudo, encontrar com um pequeno cervo no jardim da casa no último dia de estadia em Kopparberg. Aqui ele recebe o nome de rådjur (foto) e o animal é simplesmente apaixonante de lindo. Eu já havia visto quando fui a um lugar especial aqui em Estocolmo, mas vê-lo no jardim da casa é outra sensação.

Hoje a tarde vou ao centro num brechó cujas vendas são revertidas para alguma obra de caridade importante. A promoção do dia é tudo por 10:- (cerca de R$ 3,00). Só não sei se vou consegui achar algo que me agrade. Minha mãe costuma dizer que sou uma pessoa difícil para esse tipo de empreitada (comprar roupas). Vamos ver!!. Depois vamos à biblioteca central. Estou animadíssima. Não resistimos, vamos nos encontrar hoje também :roll: .

  • A palavra em sueco do dia rådjur, cervo

5 thoughts on “Cervo, brechó e biblioteca…

  1. Ju, ja me falaram que aqui da pra ver esses bichos… e pior aqueles com os chifres enormes… mas eu ainda não tive essa sorte!!
    deve ser lindo!!
    beijos!

  2. Leo says:

    Ola Ju!

    Esta e a primeira vez que visito seu blog, e estou achando muito legal! Te achei atraves do blog da Mercia, que eu visito sempre! Eu moro no Brasil mesmo, mas o meu sonho e morar na Noruega! Vejo que voce mora na Suecia, um pais maravilhoso tambem! Eu estou aqui me preparando para minha jornada, estudando noruegues, juntando um dinheirinho (mas ainda falta uma fortuna) e sonhando! Bom, um dia eu chego la! Acho interessantissimos blogs como o seu, de brasileiros no exterior contando suas experiencias, acho isso fascinante! Quero ter um assim um dia!

    Puxa, gostei mesmo do seu blog, mesmo sem voce estar na Noruega!

    Abraco, Ha det!

  3. Vanessa says:

    Bom dia,

    Achei muito legal estes comentários aqui.
    Estou indo passear durante 1 semana na suécia na primeira semana de Janeiro/2008 !!
    Estou super ansiosa … que tipo de roupa devo ter para suportar o frio daí? Se tiverem alguns endereços interessantes de brechó, já me falaram que os da suécia são bons para casacos de frio.
    Ah, o euro é usado na suécia, ou somente a coroa sueca ?

    Abraços

Comments are closed.