Abra a porta e a janela…

E sábado foi dia de muito sol, muito passeio e visita à 1ª Vegomässan. Sim, parece que o verão realmente chegou por essas bandas. Segundo nosso termômetro, sábado chegou a fazer 22º em Estocolmo. O calor esperado para este ano pode ser equiparado ao de 2003, no qual toda a Europa cozinhou, muitas florestas pegaram fogo e muitos velhinhos e crianças morreram. Bom, é esperar para ver. Mas o primeiro dia de sol do mes de junho foi avassalador. Muitos nativos estendidos nas gramas dos parques pegando uma corzinha enquanto outros (os mais corajosos) tomavam banhos nas “praias” da cidade. E eu cantarolando “preta, pretinha”!!!

Nós fizemos diferente. Na nossa caminhada para uma alimentação mais saudável decidimos acompanhar minha cunhada e sua família à 1ª Vegomässan (Feira de produtos vegetarianos/veganos). Adorei. Para quem ainda pensa que ser vegetariano resume-se a comer míseras saladas, engana-se redondamente. Provamos taco, um tipo de almôndega, pastel de forno, chocolates, tortas e bolos (eu não!!), sanduíche, sopas, inclusive esta torta aqui, entre outras coisinhas. Os dois primeiros pratos foram preparados com aquilo que podemos chamar de “carne” de soja. Conheço pouquíssimas pessoas no Recife que a consomem. Voltando ao taco, um dos molhos que acompanhou o prato foi um yogurth de leite de soja bem azedinho e gostoso. Peguei várias receitas e compramos três pacotes da “carne” para provar. Todos os produtos usados eram ecológicos, sem agrotóxicos e respeitando o princípio da agricultura de proximidade (quanto menor o trajeto da plantação à mesa do consumidor, menos “poluente” será o alimento). Além da mostra alimentar, a programação incluía palestras, filmes e até uma sala para as crianças. A entrada custou 20kr (mais ou menos R$6,00) E tinha tanta, mas tanta gente que muitas vezes precisei sair do espaço para poder respirar. Acho que os organizadores não acreditavam no sucesso que seria a Vegomässan.

A família da minha cunhada é adepta ao veganismo. Mais do que uma escolha alimentar, o veganismo se traduz como filosofia de vida. Isto quer dizer que, enquanto vegetarianos e pessoas com alimentação/estilo de vida considerada (o) normal se permitem comer e usar produtos derivados do animal, como leite, queijo,  cinto de couro ou travesseiro de penas, os veganos têm como princípio o respeito ao animal. Muito interessante a visão vegana sobre o respeito ao animal, o combate ao uso dos bichanos em testes medicinais, entro outras coisas. Admiro a escolha da minha cunhada e família quanto à escolha (também por razões de saúde)desta filosofia de vida. Mas confesso que ainda nao cheguei a este nível de evolução para deixar de comer carnes.

Logo depois da feira, resolvemos almoçar (somente eu e meu viking) num restaurante indiano muito bom no sul da cidade. Pedi um delicioso carneiro ao molho curry, mas juro que fiquei com a consciência pesada. Não comi mais nada durante o resto do dia.

Andamos muito para curtir o solzinho, fomos à sommarstuga e passamos a tarde lá. Chegamos em casa depois das 20h30 com o sol ainda a pino e bastante satisfeitos do longo e prazeroso dia. A previsão para o resto da semana é de muito sol e céu claro. Acho que já dá pra sair de casa sem casaco :roll: .

  • A segunda palavra do dia é sommarverão

4 thoughts on “Abra a porta e a janela…

  1. gingercat says:

    Eu tambem ficaria… Minha mae era vegetariana, e dos meus 7 ate os 15 eu tb acompanhava o regime dela. Mas assim que tive novamente a liberdade de escolha optei pela picanha.. eheheh..
    BJS

  2. marcia says:

    oieeeeeeeeeeeeeee mulher

    Esse final de semana valeu a pena mesmo né? Enquanto vc foi a feira vegetariana, eu fui a feira de comida mesmo! Tb estava lotadaaaaaaaaaa, nunca vi tanta gente reunida. E vendo vc falar de alimentacão mais equilibrada e saudavel, me dá um peeeeeeeeeeeeeeso na consciencia hihihihihi
    Saudades de vc, viu!
    Bjssssssssss
    Ahhhhhhh amei o seu post anterior, muito lindo. Parabens pelo 1 ano na Suécia

  3. Hoy!
    Tava lendo sobre tuas aventuras de novo. Passei uns dias reclusa estudando pras últimas provas do período… To semi-de-férias agora (só trabalhando lá no lab!) =)
    Tava precisando… Não aguentava mais o ritmo das aulas…
    Passei o fim de semana com tua mami e a minha. Tava participando de um congresso q teve ali na UFPE. Foi muita diversão! A gente comeu tanto, tanto, que fiquei passando mal! hahahah Típico da nossa família (q só se reune pra bater perna e comer!).

    Um beijo enorme!

  4. Ju,
    aqui já estamos a umas 2 semanas com sol direto!!! estou de camiseta!! no Brasil ninguem acredita!! hehehe

    bom, tomara que tenha um verão quente mesmo, porque minha mãe vai vir no meio de julho. :-)

    beijos!

Comments are closed.