Será que cura mesmo?

Adoro ler jornal. Independente do idioma ou formato. Desde que comecei na universidade não estou tendo tempo suficiente para ler o que assinamos. No pouco de tempo que tenho, café da manhã, consigo folhear algumas páginas, mas não dá para aprofundar muito. Afinal, tenho tanta coisa para ler e exercícios para fazer que uma lidinha rápida pode me fazer perder o metrô.

Hoje não foi diferente. Corri cedo para a universidade e cheia de livros não me interessei em pegar nenhum dos jornais gratuitos distribuídos diante da estação que moro. Ao descer a escada rolante dou uma olhadela no jornal que a pessoa diante de mim tinha em suas mãos. Nada mais natural 😉 . Ao ler o título da matéria Grönt te botar diabetes (Chá verde cura diabetes) fiquei pensando no porque de não ter pego a edição de hoje. Fiquei curiosa.

Até parece que essa doença “me persegue”. Meu avô é diabético e minha mãe descobriu recentemente a doença, ambos do tipo-2. Quando trabalhei como au-pair na França tomei conta de uma garotinha, na época com 5 anos, que tornou-se diabética (tipo 1). O pâncreas tinha parado de funcionar por completo. Eu não quero ser a próxima e tenho que começar a me cuidar, logo! Como minha mãe costuma dizer: “É para ontem!”

Voltando ao assunto. Não me surpreendi em achar o número (ou vários deles amontoados) numa das latas de lixo da plataforma. Na curta matéria, a jornalista descreve que na China o chá verde já era utilizado há séculos na cura de doenças e que, só agora, a Europa lança como remédio contra diabetes.

O endocrinologista e médico-chefe do Södersjukhuset (O hospital do Sul),  Åke Sjöholm, está convencido dos efeitos da erva e garante:

Os pacientes que recentemente desenvolveram diabetes tipo-2 podem provavelmente ser curados através do chá verde.

Sou um pouco cética em acreditar que isso possa levar a cura completa da doença, mas é sempre uma boa noticia ouvir que mais pessoas comecam a acreditar na cura através das plantas. Gosto sempre de tentar resolver dores e mal-estar com chás. Além disso o chá verde é um poderoso aliado daqueles que pretendem perder alguns quilinhos e se manter bela pois ajuda a queimar a gordura além de neutralizar os radicais livres, responsáveis pelo envelhecimento celular precoce.

A matéria contem um box onde lista alguns prós e contras do chá, vou listá.-los aqui:

Prós: Protege as células produtoras de insulina, Impede na difusão do câncer, defende as celulas contra o envelhecimento.

Contras: O chá verde pode diminuir a recepção de ferro oriúndo dos vegetais.

Segundo a Associação sueca de Diabetes, existem hoje no país, aproximadamente, 350 mil diabéticos. No Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Diabetes, a cada 5 segundos mais um novo caso é registrado. No total, estima-se que existam mais 245 mil brasileiros diabéticos.

Update: Acabo de ler que o nosso jornal também publicou algo mais aprofundado. Segundo o DN, pesquisadores suecos e suíços afirmam que a substância chamada EGCG, contida no chá verde, influencia o corpo. Isto quer dizer, que esta substância aumenta a sensibilidade das celulas em receber a insulina. Ainda mais interessante é que a EGCG evita que as células do pâncreas se degradem. Além disso, três a quatro copos de chá verde diariamente pode diminuir o risco de tornar-se diabético.

O estudo foi realizado em ratos e foi apenas apresentado em Amsterdã. Os pesquisadores vão agora tentar descobrir quais genes são influenciados pelo chá verde.

  • A palavra em sueco do dia é te [t] , chá

8 thoughts on “Será que cura mesmo?

  1. ana says:

    Ola Ju! Tambem li essa reportagem no metro, na sexta-feira. Nao tinha entendido muito bem essa parte dos pontos negativos… entendi que havia algum efeito negativo relacionado com vegetais, mas estava sem o dicionario e isso me atormentou por alguns instantes: “afinal, o q pode haver de errado com vegetais?!?” Agora esta explicado!!! Hehehe. Bjo amore! Ate
    😀

  2. descobri que tenho diabetes tipo 2 a 3 anos, fiquei muito triste porque
    sou apaixonado por açúcar, pesquisei na Internet, ate que encontrei um remédio feito com produtos naturais chamado Diamaxol. estou tomando este remédio a 3 messes, continuo a comer ditudo, tem dia que minha diabetes esta a 350 depois da comida, mas 2horas depois volta para 200 22o ate 180 antes era só acima de 300 hoje estou tentando levar este produto para o Brasil estou construindo um web site chamado {comsaudebrasil.com}não sei se vai ser a solução para a sua diabetes. mas a minha visão hoje esta clara, não vejo mais nublado como antes. minha perna não formiga mais, espero ficar ainda melhor. obrigado nilo

  3. Olá Manoel… Simpatizo com a idéia de combater doencas atraves de medicina alternativa. No entanto, a cada dia fico mais consciente que o equilibrio proporcionado pela alimentação saudável é uma ótima via a seguir. Eu não tenho diabetes. Meu avô e minha mae têm. Por este e outros motivos estou gradativamente mudando nossos habitos alimentares em casa.
    Boa sorte com o site, obrigada pela dica e pela visita!

  4. Rossi says:

    Boa noite, tenho diabetes tipo 2 e, depois de andar pelos 380, estou conseguindo manter entre 110 e 140 com picos raros de 150. Controlo apenas a alimentação ingerindo apenas 40 g de carboidratos por dia em forma de pão, legumes ou frutas, não tomo adoçantes, reduzi o sal ao mínimo e uso creme vegetal enriquecido com omega3 e omega6 como principal fonte de energia. Tomo suplementos de vitaminas e sais minerais, proteínas, ferro e cálcio. Meu peso está 2 quilos abaixo do ideal, voltei a ter pique para andar e trabalhar além de ter recuperado a força muscular.

    Acho que os médicos erram ao passar um padrão alimentar obrigatório (tentando proteger a saúde de seus pacientes) que acaba por inviabilizar o seu controle gerando enormes consequências.

  5. jaque says:

    tenho uma amiga(mãe de coração) de 51 anos q acabou de descobrir q tem diabete.fiquei muito triste quando ela me contou,acho essa doença muito ingrata….
    mas comprei livros,e pesquisei aqui na internet e vi q nao é tao dificil controla-la.
    a dela esta medindo 140…venho pedindo a DEUS q ela consiga controlar e q isso nao a faça infeliz
    peça a DEUS q ela continue sendo a pessoa maravilhosa q ela sempre foi,e nao ficar acreditando em tudo q as pessoas dizem,pq cada um fala uma coisa e isso só atrapalha…
    o q li aqui tirou minhas duvidas.muito obrigada…
    tenho certeza amiga q vc vai sair dessa..
    Má te adoro,vc é muito importante na minha vida…
    se cuida minha “mãezinha” TE ADORO…

  6. Nikael says:

    Olá,
    Li outro dia numa comunidade do orkut um depoimento de uma mãe que dizia ser diabética tipo 3, Sua filha é diabética há 19 anos e desde então esta mãe tem se envolvido muito com o diabetes, levando-a a se considerar um pouco diabética. “Diabetes tipo três, é assim que chamo carinhosamente os anjos dos diabéticos”, diz ela. Acho que tb sou e agora mais do que nunca. Meu irmão tem diabetes tipo 1 há 5 anos e esta semana teve sua primeira hipoglicemia, foi uma correria! E agora não páro de pesquisar sobre tratamentos convencionais e alternativos.
    Acredito muito no poder das ervas no tratamento de doenças e há alguns estava pensando na medicina chinesa alternativa. Vou apresentar o chá-verde para meu irmão e explicá-lo suas potencialidades no uso contra o diabetes. Obrigado Ju!
    Sua matéria abriu mais uma porta da esperança para nós diabéticos.

Comments are closed.