Brasil “ainda melhor” que Tailândia

Strået vassare än Thailand

Este é o título da matéria que explica o conteúdo da reportagem a ser exibida pelo programa Kalla Fakta, neste domingo, às 19h20 pela TV4. A expressão é, na verdade, ett strå vassare que significa ainda melhor. O que este grau de “ainda melhor” quer dizer eu não sei, mas posso afirmar que certamente não é o que muitos de nós gostaríamos.

A reportagem pretende mostrar o Brasil como o mais novo destino do turismo sexual dos suecos. Acabei de ver algumas imagens passadas durante o intervalo de um programa e a última frase do apresentador para promovê-lo foi algo como “o que acontece com essas mulheres quando elas chegam aqui”. Corri na página da TV para ler algo mais sobre o programa. Publico aqui uma tradução livre minha do que está escrito no site.

O Brasil surgiu como um popular destino para os suecos em busca de sol e mar. Mas quando a noite cai, muitos turistas se dirigem à rua do bar. O programa Kalla Fakta desta semana investiga os compradores de sexo suecos que, após a Tailândia, dirigem seus olhares para o Brasil.

“Tudo o que você vê aqui dentro é pago. É só pagar. A cidade inteira está cheia delas. Eu moro na Tailândia também, mas o Brasil é ainda melhor, existe mais emoção”, conta um turista masculino à jornalista que conduz a reportagem.

O cinegrafista segue para os bares afim de documentar o momento em que os turistas suecos compram sexo de jovens prostitutas brasileiras.

Quando as férias acabam, alguns homens querem levar uma brasileira para casa. Mas o sonho da Europa se torna, para uma parte dessas garotas, um pesadelo. “Cada vez que ele ficava agressivo eu pegava o telefone para ligar para a polícia. Mas, apesar de tudo, eu era grata por estar aqui, daí eu não ligava”, conta Raimunda que encontrou um sueco de férias no paraíso brasileiro das férias em Natal.

Assim que Raimunda deixou este homem que a maltratava, ela foi expulsa do país.

Bom, quando assistir ao programa no domingo, venho dar um update por aqui. Triste ver o documentário. É revoltante saber que esse comercio de mulheres existe e nada se faz para desmantelar esse círculo vicioso. Ao final da exibição da reportagem, rola um debate em estudio onde uma das convidadas diz que ao ter discutido com a polícia de Natal métodos para combater a prostituição ouviu a desestimulante resposta que muitos deles são ameaçados de morte se tentarem pegar pesado em fiscalizações e prisões.

Infelizmente não consegui ver pela TV. Assisti agora a tarde pela internet clicando aqui. O problema foi que muitas das imagens e conversas foram gravadas em uma camera caseira (pois os suecos que falavam abertamente não sabiam que estavam sendo filmados) prejudicando assim a boa compreensão do audio em sueco. É bem provável que tenham colocado legendas na reportagem quando exibida na TV. Por outro lado, existem muitas passagens e entrevistas de pessoas falando português. Quem quiser conferir é só clicar no link acima.

  • A palavra em sueco do dia é prostituition [prostituirron], prostituição

One thought on “Brasil “ainda melhor” que Tailândia

  1. yunosam says:

    olá Ju Moreira,

    meu nome é Yuno Silva e fui entrevistado pela repórter Kajsa na matéria feita em Natal. Estou à frente de um movimento que luta contra o turismo sexual e a especulação imobiliária desenfreada.

    Nossas praias ficaram poluídas nos últimos três anos e nossos governantes (e boa parte da população) prefere não aprender com erros dos outros cometidos no passados em outras cidades/países.

    Te encontrei pois estava procurando a tradução da matéria. Obrigado pela atenção e estou no blog sospontanegra.blogspot.com.

    abraços

    y.
    Natal RN Brasil

Comments are closed.