Sensibilidade na alma

Detesto comédias. Na verdade, gosto de comédias inteligentes. Comédias de situação. Detesto aqueles tipos de comédia cheios de piadas, daquelas que todos fazem caras de bobos idiotas e que todos morrem de rir. Sou chata e exigente. Não tem muito tempo comecei a admirar o trabalho de Adam Sandler. Apesar de ter adorado Spanglish, não são todos os filmes com ele que me fariam ir ao cinema ou comprar um DVD.

Ontem, assistimos Reign Over Me, um drama com Sandler, e me certifiquei que sou uma fábrica de lágrimas em carne e osso. O filme gira em torno de duas pessoas/situaçoes, Charlie Fineman (Sandler) e Alan Johnson (intepretado pelo ótimo Don Cheadle). Charlie é um homem que perdeu toda sua família num acidente de avião (coincidentemente :S no fatídico 11 de setembro) e que sofre de uma síndrome pós traumática grave. Alan é um dentista bem sucedido mas que vive uma crise no casamento (ou seria dentro de si mesmo??).

As vidas de Alan e Charlie se entrelaçam e muitas vezes claramente se opõem. Alan e Charlie foram companheiros de faculdade e é por causa desta amizade (ou graças a ela) que o filme se desenvolve. Eu simplesmente amei o filme e recomendo. Mas para aqueles que têm a alma sensível como a minha, um balde apenas não vai ser suficiente para o rio de lágrimas. É emocionante. Até meu viking chorou! 😯

O filme também tem a participação de Liv Tyler, Jada Pinkett Smith e Donald Sutherland.

Detalhe: Vi o filme sem legenda!! Não entendi, claro, todos os diálogos, mas vejo que meu ingles está melhorando (mesmo se muitas vezes penso o contrário!). Fiquei super contente.

  • A palavra em sueco do dia é känslig [chenslig] , sensível

One thought on “Sensibilidade na alma

Comments are closed.