Começar de novo

Tantas coisas acontecendo que esqueci de escrever por aqui que fui aceita em todos os cursos para os quais me inscrevi para o primeiro semestre de 2009 (chamado de semestre da primavera ou vårtermin – VT09). Na verdade, me inscrevi em seis cursos independentes.

Um parênteses: Nas universidades na Suécia existem programas (jornalismo, direito, engenharia, etc) e cursos independentes (friståendekurs – cadeiras que você pagaria dentro de um curso regular no Brasil) para os quais você se increve em duas ocasiões (até 15 de abril para o semestre do outono, o qual se inicia em agosto, e até 15 de outubro para o semestre da primavera, que se inicia em janeiro).

Segundo o site studera.nu, onde os interessados em estudar em uma escola superior precisam se inscrever, você pode estudar apenas 45 hp (pontos universitários, podemos dizer assim) durante um semestre. 30 hp é considerado estudo a 100%, ou seja, a tempo completo. Após a escolha dos cursos/programas você precisa organizá-los em ordem de interesse para que o sistema de classificação possa te encaixar de acordo com tuas escolhas X vagas.

Então, dos seis cursos que me inscrevi, cada a 7,5hp, um foi cancelado e outro não estou mais interessada. 

O interessante de estudar em uma universidade na Suécia é a forma como os cursos são organizados (seja em um programa, curso regular no Brasil, seja em cursos independentes). Enquanto no Brasil estudamos, por exemplo, seis disciplinas paralelas durante um semestre inteiro, na Suécia, você vai estudar uma disciplina durante 5 ou 6 semanas para só após seu término começar uma nova.

O legal disso é a intensidade com a qual se estuda para uma determinada matéria. É possível mergulhar a fundo na disciplina estudada e não se preocupar em correr de um canto para o outro rodeada por toneladas de assuntos para provas.

No meu caso, os quatro cursos que vou fazer funcionam desta forma, mas como não estão dentro de um programa, alguns deles vão se chocar. Outra coisa, apesar da minha má experiência com cursos à distância, resolvi não me dar por vencida e me inscrevi em dois deles. Vamos ver se cursos a distância ministrados por universidades vão conseguir mudar minha opinião a respeito do método.

Vamos aos cursos:

  1. Interaktionsdesing (Design de interação) – Universidade de Umeå (curso a distância) – Um dos cursos que mais estou empolgada para fazer!!
  2. Fotografia – FotojornalismoMitt Universitet, em Sundsvall (curso a distância, mas com 4 presenças obrigatórias). Outro curso que estou empolgadíssima. Quero refrescar minha memória e aprender os conceitos e técnicas em sueco! Ele começa em alguma data na semana 4.
  3. Design av interaktiva miljöer (Design de/nos meios interativos) – DSV
  4. Modeller och Databaser (Modelos e base de dados) – KTH (curso presencial) – Este curso só começa em abril!

Comecei a pesquisar sobre livros e tive um susto quando vi os preços! Caaaaros! Alguns deles vou comprar de segunda mão, melhor opção para economizar, outros, os que não encontrei usados, vou comprar novos. Mesmo assim, vai ser uma bolada.

Uma coisa que percebi é que dos 6 livros exigidos pelos cursos (excetuando as brochuras), apenas dois são em sueco. O restante é em inglês! Já comprei um deles através do site Kurslitteratur, onde é possivel entrar em contato diretamente com os estudantes que vendem os livros e encomendei dois novos.

*****
Mudando um pouco de assunto! Ouvi há pouco no rádio que a noite de hoje (do sábado para o domingo) foi uma das mais frias dos últimos 12 meses com alguns locais marcando -35 graus.

Não é de se surpreender após acordar pela manha e ver o termômetro marcar -21 graus :0 para temperatura externa e 10 graus na cozinha. Adoro!!

Em dois dias estamos voltando para casa, o que significa alguns graus mais quentes. 😉

  • A segunda palavra em sueco do dia é fristående , [fristôende] independente, separado

7 thoughts on “Começar de novo

  1. Ju, querida,
    Saudades docê!
    Também estou te acompanhando por aqui…
    Me mande o texto sobre aborto quando estiver pronto!
    Um 2009 cheio de alegrias e menos noites frias procê!
    Xero,
    Maíra.

  2. Em inglês? Mana ninguem fala sueco ai nao?? hahahaha

    Ai mana tá, mas se mas para mim, como se eu fosse uma eguinha de 3 anos: qual o curso que vc tá fazendo? medicina? jornalismo?

    Ju a quantas anda o museu do ABBA?

  3. Ju, o curso de fotojornalismo tem em tempo integral. Dura dois anos e meio mas tem que viver na ESCOLA:Eu creio que falei sobre no comentário anterior.Os livros sao carésimos. Com prei um de inglês por 429 SEK, para estudantes mas já vou passar para frente se eu mudar de nível na próxima quinta-feira.

  4. Que escola é essa Grace? Este curso só “exigiu” um livro que me custou 150 kr . As leituras de referência, essas sim, são super caras e em ingles. Mas como diz o nome, são apenas para referência, não preciso comprar. Peguei, inclusive, um deles na biblioteca! 😉 xero

Comments are closed.