Aprilskämt: o dia da mentira sueco

Ontem foi 1° de abril, o dia da mentira. Em diferentes países, a data de ontem recebe difetentes nomes: Na Grã Bretagna é chamada de April Fool’s Day, na Escócia de Gowkie Day, na França, na Espanha e na Itália fazem referência a peixe, poisson d’avril, pescado de abril e pesce d’aprile, respectivamente.

Aqui, na Terra dos Vikings, o nosso dia da mentira ganha o nome de Piada ou brincadeira de abril, Aprilskämt. Quando alguém cai na mentira contada, diz-se:

April April din dumma sill, jag kan lura dig vart jag vill!

Algo como:

Abril abril seu bobo sill (arenque), eu posso te enganar quantas vezes eu quiser!

TV War

Image by Midnight-digital via Flickr

É comum por aqui que a mídia pregue peças na população neste dia. O DN, jornal que assinamos, publicou três das mais conhecidas brincadeiras publicadas pela mídia em anos anteriores. Aqui estão as piadas:

1911 – O jornal de (centro)direita Svenska Dagbladet publicou que a abertura dos jogos olímpicos em Estocolmo no ano de 1912 seria antecedida de uma parada com 600 elefantes emprestados da Índia.

1962 – O reporter Kjell Stensson enganou a população com a “notícia” de que vestindo a TV com uma meia de nylon os suecos passariam a assistir programas em cores.

2001 – O DN publicou uma matéria sobre um arquipélago (inventado) croata que seria um paraíso. Isola Lethe era o nome. Os telefones da operadora estatal Telia ficaram sobrecarregados com o grande número de ligações de pedido de informações sobre a agência chamada Primo Aprile Tours.

E as bricadeiras de 2009??

Aqui estão algumas delas:

  • Por medida de saúde, a partir das 18h até a meia noite da sexta-feira é proibido usar telefone celular. (Västerbottens Folkblad)
  • Aqueles que andarem pelo lado errado nas escadas rolantes de Estocolmo, serão obrigados a pagar multa de 500 coroas. (Metro)
Uppsala

Image via Wikipedia

  • A princesa coroada Victoria e seu noivo Daniel se casam na catedral de Uppsala pois a Storkyrka de Estocolmo é muito pequena. (Uppsala Nya Tidning)
  • Acoplando o DNA do coco dos cachorros com o DNA de seus donos a cidade de Luleå acredita resolver o problema dos cocos que não são recolhidos das ruas a assim poder rastrear os donos. (Norrbottens-Kuriren)
Reblog this post [with Zemanta]

One thought on “Aprilskämt: o dia da mentira sueco

  1. Alooowwwww… posso entrar??? Ou melhor INVADIR heheheheheh. Tá muito linda essa casa maninha, e até onde minha vista alcanca, tá tudo funcionando bem por aqui…. e nao é primeiro de bril hahahahah

    O último post de Ciça foi A égua na escola!.

Comments are closed.