Overdose de “Plantão Médico” – divagação sobre séries

O último episódio de todos os tempos da série Plantão Médico acabou de passar na TV sueca e eu não parei de chorar (não posso ver ninguém chorar ou  cenas carregadas de emoção – melodrama não faz o meu tipo – que me derreto). Aqui, E.R. (nome original da série), chama-se Cityakuten. O episódio final teve quase duas horas de duração e foi precedido por um outro de uma hora onde antigos e novos atores falam de suas experiências no set de filmagem, o que E.R. significou para cada um e coisas do gênero.

Nunca pensei em ser médica, mas eu amava a série. Lembro que  em casa fase eu tinha meus médicos e enfermeiras preferidos (podem reclamar, mas confesso que nunca fui fã de Clooney!). Gostava inclusive da “versão global” Mulher (foto ao lado), estrelada por Patrícia Pilar e Eva Wilma.

Na verdade, na minha época de ginásio, queria fazer estágio no IML e tudo o que era relacionado a sangue para mim era interessante. Tinha um programa que passava de madrugada, nem lembro em qual emissora, que mostrava como necrópsias eram feitas. Eu achava o máximo! Mas ficou na adolescencia, posso garantir.

 
Por outro lado, herdei da minha mãe o interesse por  séries que fazem refletir e questionar o comportamento humano como Law & Order (todas as três franquias – amo o Dr. Jack MacCoy, gosto muito da dupla Olivia e mas meu preferido é o detetive do pescocinho de Criminal Intent), CSI (também sou fã das três franquias, mas adoro Dr. Grisson), Cold Case não é tão bem cuidada, mas tem seu charme, The Mentalist, entre outras de detetives e crimes. :)

Jack Maccoy (foto: NBC)

Jack MacCoy (Sam Waterston) - foto: NBC

Robert Goren (Vincent D’Onofrio) - foto: nbc.com

Robert Goren (Vincent D’Onofrio) - foto: NBC

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mas voltando ao episódio final de Plantão Médico (faz tanto tempo que não chamo a série por esse nome que me soa estranho), tudo foi de uma delicadeza só. E fico triste em pensar que não haverá continuação. Como muitos deles disseram, a série funcionava por mostrar que médicos não são super-heróis e se são, eles também erram e são humanos. Pof, identificação imediata, não?!

Me pergunto quantos DVDs seriam necessários para comportar 14 anos da série? Ou tantas outras séries que duram (quase que) eternamente!?

4 thoughts on “Overdose de “Plantão Médico” – divagação sobre séries

  1. Vivi says:

    Amiga então compartilhamos de mais essa paixão…As séries(meu marido chama de “enlatados”)
    Aqui no BR E.R passa pela Warner e a última temporada começou semana passada…Não vi, mas essa semana não perderei(quarta-feira) Já estou com saudades, pois adoro tudo naquela série, é a minha favorita :) Eu assistia Plantão Médico na Globo e tbm Mulher, pena que acabou.
    Acompanho tbm Cold case e adoro :)

    Então, depois de 15 anos no ar, vamos ficar órfãs da nossa série favorita :(
    Bjokas

    • Juliana Moreira says:

      Ainda bem que não revelei nada da série, então!! 😀 A boa noticia é que deve sair um box com os DVDs!! Assim dá para eternizar as séries sem ficar dependendo de reprises. :)
      xero

  2. Juzitia, hehehe querida!

    que engraçado! eu tava na academia, tinha acabado minha aula de pilates med boll e vi que tava passando o ER… sabe que eu acho que eles ja reprisaram esse aí umas muitas vezes, nao foi nao? tive essa impressão… mas a verdade e que não acompanhava.

    Eu sempre quis escrever um post sobre series… nao e incrivel que gente que seja tao diferente ame series iguais? ou gente parecida consiga odiar a serie que o outro goste?

    desses que vc citou eu so assistia o Cold Case no Brasil, mas parei quando percebi que tava dando muita volta e tal… Eu odeio as comedias, todas! mas amo de paixao os dramas e os policiais. Meu Jack Bauer, com o Lost, com o CSI Miami, adoro!

    agora engraçado que com esse perfil eu consiga me interessar pelo desperate howsewives… no meu caso, acho que as series sempre ocupam um lugar de ação que eu queria ter… Tipo, quando to enrolada com algo eu quero ver o Bauer lutando contra o mundo… meio maluco nao?

    e voce? que lindinha chorando com o ER. Acho que se eu vesse eu chorava também, mas eles ja nao fazem meu tipo… Sabe a Denise? ela ficava falando tanto tanto tanto do House que comecei a ver e! caramba! viciei!

    me conta quais voce mais gosta?????

    • Juliana Moreira says:

      Sonia, amoreco, q bom te ver por aqui! 😉 Tava sentindo falta! :)

      Pois é, vc falou tudo. Aqui em casa, discordamos um pouco um do outro quanto a séries. Eu, como vc, não gosto de comédias (séries e filmes, este último com poucas e raríssimas excessões). Também prefiro dramas e policiais. Gosto de séries que me fazem pensar e refletir. Gosto de séries com teor psicológico. :) Law & Order – Criminal Intent, por exemplo, aborda o crime e o criminoso muito mais pelo psicológico (tentanto entender o comportamento do indivíduo para desvendar o crime) do que pelo lado policial e judiciário.

      Law & Order, com “meu” Jack MaCcoy (pq eles todos se chamam Jack?? – Lost, 24h, Law & Order??), a moral e a jsutiça são postas em questão. Ele faz isso com maestria. Já a franquia L&O Special Victims Unit, a dupla de detetives trava suas pesadas questões pessoais enquanto tentam desvendar crimes sexuais contra mulher e criança.

      A franquia CSI tb me prende pelo fato de vermos como a fascinante polícia científica trabalha. Gosto de Grisson pq ele parte do psicológico (aliado à ciencia) para desvendar o crime. CSI NY e Miami tem seu charme, inclusive qdo, por exemplo, Horatio Caine tira os óculos na escaldante Miami!!

      Gosto muito de Criminal Minds. Mais uma vez pelo lado psicológico da coisa. Eles traçam um perfil do assassino a partir dos crimes cometidos. Muito bom. Cold Case acho uma série um pouco esquecida, abandonada, mas com bom potencial. Tem bons atores, mas acho o roteiro um pouco fraco. Gosto da detetive Rush (ela parece uma boneca de porcelana, minha tia sempre repetia isso!).

      Ah, como podia esquecer!! Gosto tb de Without a trace. Mas é outra série cujo final já foi anunciado, apesar da boa audiência.

      Meu querido viking gosta de comédias, coisas leves. Apesar de sério demais, ele adora rir com bobagens. hahah Fiz com q ele se interessasse por Criminal Mins e CSI (com Grisson). Ele nao suporta Cold Case e reclama qdo quero ver L&O, mas no fundo, qdo a série ta rolando ele até se empolga e conversamos bastante sobre o que vemos.

      Afe, essa resposta ficou imensa. Daria, com certeza, um outro post! 😉
      xeroca

Comments are closed.