Maior friaca em 180 anos em Estocolmo

Imagem: Mateusz Stachowski (Stock.Xchng)

Este foi o resultado divulgado pelo Serviço de Meteorologia sueco (SMHI) ontem, sobre o mês de janeiro de 2010. Pela primeira vez em 180 anos, o termômetro só (apenas, somente!) marcou temperaturas negativas durante todo o mês de janeiro em Estocolmo.

O SMHI considera sensacional o fato de apenas em 1829 ter havido um mês de janeiro com temperaturas abaixo de zero todos os dias do mês em Estocolmo (tendo seu ponto alto dia 29 jan). 😀 Foi apenas a partir de 1756 foi que começou a ser feita a medição de temperatura na capital da Escandinávia.

Já a Suécia não havia tido um janeiro tão frio desde 1987. Segundo o divulgado, um anticiclone (responsável por dias bonitos e ensolarados) sobre a Rússia bloqueou a entrada de ar quente vinda do Atlântico durante o mês de janeiro. Isso é válido, principalmente, para o sul da Suécia, onde o mês de janeiro foi o mais frio em 23 anos.

Södertörns Högskola - Área externa da faculdade. A direita vocês podem ver os bancos e as mesas cobertas de neve.

Em contrapartida, o ponto mais ao norte da Suécia teve um janeiro suave, ou seja, com temperaturas amenas e bem mais quente que o normal. De acordo com o SMHI, durante os anos 2000, houveram janeiros mais frios do que o deste ano no norte do país.

E a friaca, que eu particularmente adoro, (vocês ja devem estar cansados de ouvir isso! 😉 ) parece que não acabou. Quem espera por dias quentes precisa ter um pouco mais de paciência. Isto porque já foi avisado que o mês de fevereiro (normalmente o mais frio de todo o inverno) veio para bater mais recordes. 😀

Tirei umas fotos do pátio da faculdade ontem a noite. Assim que chegar em casa passo publico aqui. 😉

Reblog this post [with Zemanta]

2 thoughts on “Maior friaca em 180 anos em Estocolmo

  1. iohã says:

    Aproveita aí Jú! Estou eu no Rio onde saiu nas noticias ontem que o mar tem uns 8 graus em cima do normal :)

Comments are closed.