(des)Encontros & Despedidas

Nunca encontrei essa menina mas me sinto confortável com ela. Cada email recebido ou mensagem deixada por ela aqui no blog me deixa feliz. Engraçado que durante esse tempo de “convivência” várias vezes percebemos que tinhamos escrito sobre os mesmos assuntos praticamente ao mesmo tempo.

Mas a borboleta, ou “brobuleta” como costumo chamá-la, está alçando um vôo verde amarelo e parte de volta ao Brasil varonil em nove dias. No final de semana passado ela fez uma festa de despedida junto com a do aniversário do filhote dela. Estava tudo certo para que eu “desvirtualizasse” nossa amizade, mas aos 45 minutos do segundo tempo não deu para ir. Fiquei muito triste, mas sempre pensando que um dia poderemos nos encontrar, seja aqui, na terrinha ou em qualquer lugar do mundo, já que borboletas não têm medo de voar. 😉

Bom, ando bastante saudosa. Não exatamente do Brasil ou dos amigos, mas da minha infância, da minha avó paterna, de coisas que vivi com meus pais e principalmente com minha mãe, da capa de disco de Gilberto Gil “Luar” a qual eu adorava imaginar o que ele estava pensando, das músicas de Elis Regina que minha mãe costumava ouvir, cantar e dançar, dos acampamentos com meus pais….

Me peguei esta semana olhando as fotos da minha infância e vendo o como minha mãe ficou linda grávida de mim, dos olhares apaixonados dos meus pais e de como a história deles era bonita pelas fotos. :)

Sinto isso também quando leio os posts da “brobuleta” quando ela descreve sua família e quanto a gravidez de Marina está sendo revigorante. Vejo nas minhas fotos que assim como eu, Marina vai “se lembrar” de uma época em que estava no ventre da mãe e já compartilhava das mudanças, sentimentos e sensações vividas por sua mãe.

Fico aqui imaginando como nosso encontro teria sido e quantas horas de papo bobo ou cabeça iriamos “por em dia” ou mesmo como seria dar um abraço apertado na “brobuleta“. Bem, essa sensação que tenho de nos conhecermos há anos reflete a sintonia que tenho com esta “menina desconhecida” pois ela, assim como eu, gosta de expressar muito do que sente em letras de música que a tocam e deixar a sensibilidade ficar a flor da pele.

Por isso queria deixar registrado aqui para ela duas canções, de filha e mãe ou de mãe e filha que expressam o que sinto com sua partida e faz uma ligação com minhas lembranças e sua gravidez. A primeira é cantada pela filha, composta por Milton Nascimento e que eu amo de paixão. Para mim, essa música fala entre outras coisas sobre escolhas. Neste momento, ela descreve para mim a despedida da brobuleta da Suécia ou o encontro da dela com outros ares para bater asas.

Encontros e Despedidas
Composição: M. Nascimento E F. Brant

Mande notícias do mundo de lá
Diz quem fica

Me dê um abraço, venha me apertar
Tô chegando
Coisa que gosto é poder partir
Sem ter planos
Melhor ainda é poder voltar
Quando quero
Todos os dias é um vai-e-vem
A vida se repete na estação
Tem gente que chega pra ficar
Tem gente que vai pra nunca mais
Tem gente que vem e quer voltar
Tem gente que vai e quer ficar

Tem gente que veio só olhar
Tem gente a sorrir e a chorar
E assim, chegar e partir

São só dois lados
Da mesma viagem
O trem que chega
É o mesmo trem da partida
A hora do encontro
É também de despedida

A plataforma dessa estação
É a vida desse meu lugar
É a vida desse meu lugar
É a vida

A segunda é cantada pela mãe e composta por Belchior e  que fala de mudanças e passado e presente. Nessa música eu vejo um pouco da brobuleta que se não tem medo do novo e que se rejuvenesce a cada recomeço.

Velha Roupa Colorida
Composição: Belchior

Você não sente, não vê
Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo
Que uma nova mudança em breve vai acontecer
O que há algum tempo era novo, jovem
Hoje é antigo
E precisamos todos rejuvenescer

Nunca mais teu pai falou: “She’s leaving home”
E meteu o pé na estrada “like a Rolling Stone”
Nunca mais você buscou sua menina
Para correr no seu carro, loucura, chiclete e som
Nunca mais você saiu à rua em grupo reunido
O dedo em V, cabelo ao vento
Amor e flor, quede o cartaz?
No presente a mente, o corpo é diferente
E o passado é uma roupa que não nos serve mais

Você não sente, não vê
Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo
Que uma nova mudança em breve vai acontecer
O que há algum tempo era novo, jovem
Hoje é antigo
E precisamos todos rejuvenescer
Como Poe, poeta louco americano,
Eu pergunto ao passarinho: “Blackbird, o que se faz?”
“Raven never raven never raven”
Blackbird me responde
Tudo já ficou pra trás
“Raven never raven never raven”
Assum-preto me responde
O passado nunca mais

Você não sente, não vê
Mas eu não posso deixar de dizer, meu amigo
Que uma nova mudança em breve vai acontecer
O que há algum tempo era novo, jovem
Hoje é antigo
E precisamos todos rejuvenescer
E precisamos rejuvenescer

Enhanced by Zemanta

Sommarporträtt – Retrato de verão

Klicka på bilden för att se den riktiga färgen och storlek.

Carlbom Foto, tillsammans med Kaffebrus, anordnar en fototävling med temat Sommarproträtt. Jag deltar i tävlingen med den här bilden som tagits under Marinas brollop i maj. En kort omrostning kommer att hållas för att välja de som kommer till final och  de tre som får flesta röster kommer att få spännande priser. :)

Carlbom Foto, juntamente com o site Kaffebrus, está organizando uma competição com o tema Retrato de verão. Estou participando com esta foto tirada durante o casamento de Marina. Um curto período de votação vai acontecer logo após o último dia (18/06, às 20h – horário da Suécia) de onde sairão os finalistas. As três fotos mais votadas ganharão prêmios interessantinhos. 😀 Torçam por mim. Espero pelo menos chegar a final. Cruzem os dedos.

Enhanced by Zemanta

Prove Estocolmo e depois vá a Londres

Bom, foi praticamente isso que fiz. Semana passada rolou um evento muito legal em Estocolmo que se chama Smaka på Stockholm (algo como Prove Estocolmo) e no dia seguinte parti para Londres. Sim, isso que vocês estão lendo. Estou em Londres e fico por quatro semanas. O objetivo é voltar para casa falando inglês como gente. Segundo minhas amigas experts, minha pronúncia é boa, mas como so falo sueco e português com o povo na Suécia, resultado? O inglês emperra e não sai.

Bom, primeiro vamos ao provatório. O evento durou cinco dias e terminou no dia Nacional da Suécia (dia em que eu deveria ter ido receber meu diploma e participar da festinha para os novos cidadãos suecos*). A idéia é a de que as pessoas possam provar a comida servida em diversos restaurantes da cidade, sem que para isso precise pagar muito. 😀

A praça de Kungsträdgården foi preenchida com vários stands, os quais serviam pratos que variavam de costelas de porco, falafel, crepe, humus,frutos do mar em uma mistureba de países e sabores muito interessante. Cada restaurante trouxe seu menu com valores razoáveis e um ou dois pratos que no valor de 25 coroas (cerca de 6 reais), esses chamados de “Prove”. Além de restaurantes, a praça estava c-h-e-i-a de gente que saiu de casa para aproveitar o ensolarado domingo. Nem preciso dizer que comemos bastante e provamos a culinária de vários restaurantes da cidade por um precinho ótimo. 😀

Além de provar Estocolmo com a boca e o estômago, fomos provar a cidade com os olhos. No dia nacional, acontecem vários eventos gratuitos na cidade como apresentações musicais, passeios guiados etc. Por pura curiosidade fomos ao Castelo Real (Kungliga Slottet) em Gamla Stan. O chato é que fotos não são permitidas, mas mesmo assim consegui tirar algumas. :)

No subsolo do castelo existe o Tesouro real, onde coroas, tronos, espadas e acessórios cheios de brilho, pompa e glamour estão guardados. O local era muito escuro e fotos era praticamente impossivel tirar. :( Lembro bem de uma coroa que vi onde os riquíssimos detalhes eram pessoas, rostos e mesmo atividades comerciais, em miniatura. Arte.

Chegamos em casa mortos de cansados e energia para fazer malas eu não tinha nenhuma.

Já a viagem para Londres começa lá em abril, quando na Páscoa decidi que queria fazer um curso de inglês no Reino Encantado de dona Beth em junho. Vi que poderia receber o crédito educativo, procurei uma escola legal, conversamos em casa e decidimos que seria uma boa idéia, principalmente porque iria respirar outros ares após o ocorrido em março. Comprei duas passagens, uma com partida dia 6 de março para Londres e volta no início de julho e outra para passar o Midsommar na Suécia. Ambas baratissimas, já que tudo foi feito com bastante antecedência.

O problema surgiu quando no dia anterior a minha viagem, ou seja, dia 5, percebo que a passagem para o dia 6 havia partida de Londres, e não de Estocolmo, como deveria ser. Entrei em pânico. A escola iria começar dia 7 e passagens em cima da hora são sempre caras. Para encurtar a história, depois de muito catar na Internet, achamos uma passagem um pouco mais cara do que comprei em abril, mas parti na segunda, dia 7 para uma doce e “solitária” aventura em terras encantadas.

Agora, vocês vão me dar licença que vou começar a me arrumar para ir encontrar a mana e Ale . Depois conto mais das minhas primeiras impressões e dos meus primeiros dias no Reino Encantado de Dona Beth. :)

* Para participar da festa deveríamos ter confirmado a presença até dia 28 de maio. Como pensei que iria viajar dia 6, no dia nacional, quando a cerimônia é realizada, não confirmei a presença.  :( Quando descobri que não iria mais viajar na data, não poderia simplemente aparecer no local dizendo “ohh me desculpem mas eu marquei a minha viagem errada e agora quero participar.” :( Bom, o dia pelo menos nao foi perdido. :)

Testpilot/Teste piloto – Canon EOS 550D

Alla som besöker den här sidan, kan svenska och är passionerade av fotografi borde anmäla sig som testpilot till testet som Smartson anordnar nu. De söker fyra testpilotsteam, med två personer i varje team, till Canons nya systemkamera, EOS 550D.

Det låter väldigt spännande . Jag har redan anmält mig och hoppas på att bli vald. :) Dessutom kan man behålla kameran efter testen och tävla om bästa stillbild och videoklipp.

Canon logo
Image via Wikipedia

O site Smartson está procurando quatro duplas para fazer um teste piloto para Canon EOS 550 D. Cada uma das oito pessoas receberá uma câmera e poderá ficar com ela após o teste. Apenas responder as perguntas em um formulário eletrônico assim como blogar (em sueco) sobre suas impressões sobre a camera em um espaço preparado para tal são as únicas exigências para participar.

Além disso, os usuários do site vão poder votar na melhor foto e video publicada pelos testers. :) Eu achei super interessante e já me registrei. :)

Interessad@s? Basta preencher o formulário e esperar o resultado. O prazo de inscrição é até o dia 30 de maio.

  • A palavra em sueco do dia é tävling, [tévling], competição
Reblog this post [with Zemanta]

E o pequeno viking vai para…

Meiroca! Queridoca, você foi a sorteada para ganhar o presentinho de aniversário blog. Meiroca, amore, me manda teu endereço por email para que eu te envie o cadeau! 😉

Um presente com a cara do blog! :)

Estavam concorrendo todos os comentários do dois últimos posts de março. No final, com a ajuda do Random.org, ganhou o comentário número 10 do penúltimo post do mês.

  • A palavra em sueco do dia é present [prêssent], presente
Reblog this post [with Zemanta]

Sem defesa para o consumidor na Suécia

Engraçado como as coisas funcionam. A Suécia está em primeiro lugar entre os países onde os chefes de empresas são os mais legais, onde decisões são tomadas em grupo, onde existe uma maior compreensão entre os sexos e onde a cultura de chefes caracterizada de informal, com organização linear.

Imagem: Stock.Xchng

Talvez não exista nenhuma contradição ou nenhum problema entre o trecho acima e o que eu venha a escrever, mas eu consigo fazer uma ligação, mesma que rasa, entre os fatos. Penso que, de qualquer forma, a discussão é válida.

Ontem, liguei para o Procon (Konsumentverket) para pedir explicação sobre uma carta que recebi da minha operadora de telefonia móvel, Tele2, na qual consta a seguinte mensagem:

Olá,

Entre as faturas que enviamos a você descobrimos que esquecemos de cobrar uma parte das ligações realizadas durante este ano*. O valor que vamos debitar é o de xxx (sem impostos)** e será descrito na parte “Ligações realizadas na Suécia” na sua conta.

Pedimos desculpas pelo ocorrido. Caso você tenha alguma dúvida ou queira saber mais informações, entre na sua página no nisso site ou ligue para nosso serviço de atendimento ao consumidor.

Atenciosamente,

xxx

Chefe de Faturamento

Tele2 Suécia

* segundo o site da Tele2, as ligações pelas quais eles estão nos cobrando foram realizadas entre 1 de março de 2009 e 30 de março de 2010

** ao valor cobrado, adiciona-se os impostos.

Com essa brincadeirinha, vou pagar um pouco mais do dobro do que costumo pagar por mês e isso não é coisa que me deixa contente. Uma colega da universidade vai pagar mais de mil coroas, por exemplo.

Bom, liguei porque ao meu ver, a operadora não teria direito de cobrar por ligações que eu não tenho como saber se fiz. Na verdade, nem vou lembrar se fiz alguma das ligações que eles dizem que fiz e que não cobraram no tempo devido. Minha memoria de elefante não é tão grande quanto eles querem que seja!

Imagem: Stock.Xchg

O detalhe das ligações fornecido gratuitamente indica apenas a quantidade de minutos e o valor das ligações feitas entre telefones da minha operadora, entre telefones de outras operadoras e para o exterior. Caso você queira ver os números para quem você ligou, a operadora tem o direito de cobrar por essa informação.

Segundo o Procon sueco, que aqui não tem poder legal, apenas consultivo, as operadoras de telefonia tem o direito de faturar retroativamente em até TRÊS ANOS !!!!!!!! após a ligação ter sido feita. Isso quer dizer que se eu ligar para a tipa hoje e a operadora “esquecer” de faturar essa ligação para a conta do mês seguinte, ela ainda pode fazê-lo até maio de 2013. Após esse período, ocorre uma preescrição, ou seja, eles não podem fazer mais nada.

Além disso, o atendente da parte de reclamações de TV e telefonia me falou que após o pagamento das faturas, as companhias de telefone apagam do arquivo os detalhes das ligações.

Na minha conversa com o Procon, falei que esse sistema não protege o consumidor, visto que:

  1. O consumidor teoricamente não tem acesso aos detalhes das contas já que as companhias apagam os detalhes após o pagamento. Daí a impossibilidade de controlar se elas faturam por ligações já realizadas ou se apenas nos “enfiam a fatura goela abaixo”;
  2. Se caso o consumidor desejar sua conta detalhada, terá de pagar para fazê-lo.
  3. O consumidor, mesmo aquele mais econômico, não anota cada ligação feita e provavelmente nem se lembra para quem ligou no dia anterior;

Ainda falei mais uma penca de bananas de argumentos, mas ele foi claro e repetiu que a operadora tem o direito de cobrar e que eu poderia ver os detalhes da minha conta no site da operadora.

A ligação entre os fatos

Talvez, como disse, seja uma comparação rasa, mas queria estimular uma discussão. Se a Suécia luta para ser um um país de igualdade, onde a compreensão e o diálogo são algo intríseco para a construção de uma sociedade mais igualitária, não consigo ver em que ponto os consumidores, neste caso não apenas uma peça do sistema capitalista, mas cidadãos, não conseguem ser protegido pela lei quando tantos pontos mostram claramente onde a corda arrebbenta com mais facilidade. Que igualdade é essa, então?

Talvez essa ligação seja um pouco exagerada, mas foi uma das primeiras coisas que pensei quando me senti, mais uma vez, sozinha e sem defesa. :( Haja vista o caso da máquina fotográfica em que recebi uma carta da polícia no início do ano dizendo que as investigações, as quais nem foram feitas, estavam sendo suspensas. 😮

  • A palavra em sueco do dia é harm [rrarm], indignação

Endereço novo

O blog está mudando de endereço mas não de nome. A partir de hoje, o “naterradosvikings” após o  julianamoreira.se desaparece e dá lugar ao novo endereço: http://blog.julianamoreira.se. Para se manter atualizados, é so mudar o endereço nos favoritos, lista de links e/ou no blogroll.

Ps: Não esqueci do sorteio. Só não tive tempo ainda de fazê-lo. Amanhã é o dia do velório e as coisas andam muito corridas por aqui. :(