Invenções suecas – Dinamite

Para começar o ano, resolvi iniciar uma série que se chama Invenções Suecas. Esta idéia está guardada, acredito, desde quando comecei a escrever o blog. Tendo em mente o inventor Alfred Nobel e suas invenções, comecei a pesquisar sobre inventos suecos e seus respectivos inventores e pensei, porque não escrever sobre isso? Por este motivo, todas as sextas-feiras, vou aqui apresentar uma invenção sueca.

Dizem que as invenções nascem da(s) necessidade(s) do seu inventor, não é mesmo? Pois é isso que vamos descobrir ao longo da série. Para começar, vamos contar a história da dinamite, descoberta por Alfred Nobel.

O que? Dinamite

Quem? Alfred Nobel

Onde? Estocolmo

Quando? 1867

nobel_dinamNobel nasceu em 1833 em Estocolmo. Seu pai era um excelente inventor e construtor e possuía uma mekanika verkstad. Por razões desconhecidas, a empresa de seu pai entrou em falência e a família tinha difíceis condições de se manter. Quando criança, Nobel foi obrigado a ajudar no sustento da família e, pela cidade, vendia, entre outras coisas, fósforos.

Aos 9 anos, a família Nobel se muda para São. Petersburgo, na Rússia. Lá, o pai de Nobel iniciou uma fábrica de minas, com a qual ganhou bastante dinheiro por conta da guerra. Alfred e seus irmãos tiveram acesso a uma boa formação.

Quando a guerra acabou, o pai de Alfred Nobel se viu obrigado a fechar a fábrica, pois não havia compradores. Isto fez com que a família voltasse a pobreza e retornasse a Estocolmo, o que Alfred fez dois anos após seus pais e Emil, irmão mais novo. Dois outros irmãos de Alfred Nobel permaneceram na Russia pois descobriram óleo e lá começaram o refino. Na Suécia, o pai de Nobel abriu um laboratório, já que ele era bastante interessado em química.

Neste tempo, iniciava-se na Suécia a construção de linhas férreas. Para isso, era necessário um meio suficientemente potente para explodir rochas e para fazer túneis. O material usado à época era bastante fraco e não era de grande ajuda. Era sabido da existência da nitroglicerina, uma boa substância explosiva mas extremamente perigosa de manusear. Sabendo disso, Alfred, Emil e o pai tentaram transformar a nitroglicerina em uma substancia não perigosa e para isso fizeram inúmeros experimentos.

Um dia, uma grande explosão aconteceu no laboratório em Estocolmo que acarretou cinco mortes, inclusive a do irmão mais novo de Alfred Nobel, Emil. Após a explosão, a família Nobel não pode mais construir um outro laboratório no centro da cidade. Nobel não desistiu da idéia e em um barco velho ancorado no Mälaren, montou um outro laboratório onde continuou com os testes com a nitroglicerina.

Na Alemanha, por um acaso da sorte, ele encontrou um pó que misturado ao óleo se trasformaria num material sem perigo de manuseio. Dinamite foi o nome dado por  Alfred Nobel a sua descoberta, em 1867, quando ele recebeu a patente aos 34 anos. Neste mesmo ano, ele montou uma fábrica de dinamite fora de Estocolmo.

A dinamite é usada, entre outras coisas, para explodir rochas e na construção de túneis e estradas

Além da dinamite, 355 outras invenções foram patenteadas por Alfred Nobel.

Fonte: Nobelfest och knytkalas

  • A palavra em sueco do dia é uppfinning , [uppfinning] invenção

Prêmio Nobel 2008 – O dia da festa

Dia 10 de dezembro, dia da morte do sueco Alfred Nobel, é também o dia em que se realiza a entrega dos prêmios que levam o seu nome. Nobel morreu em 1896 em San Remo, na Italia, deixando no seu testamento sua vontade em premiar aqueles que descobrissem algo de importante para o mundo.

É este mesmo mundo que dirige os olhos para Estocolmo no dia de hoje para a prestigiada festa, que na realidade começa na vizinha Noruega, em Oslo, algumas horas antes.

Às 13h – horário de Estocolmo – (10h – horario de Brasília)

O finlandês Martti Ahtisaari, vencedor do prêmio Nobel da paz, é o primeiro laureado do dia. Ele recebe o prêmio na corte de Oslo, como assim foi desejado por Alfred Nobel.

ma_paz_2008

Foto: Reprodução da TV NK1 na Internet

Paz é uma questão de vontade – Martti Ahtisaari em seu discurso de agradecimento na corte de Oslo, Noruega.

Em seu discurso, Ahtisaari lembra que em situações de conflito, são as partes envolvidas que escolhem os mediadores de paz, e não o contrário Esses mediadores podem ser médicos, enfermeiros não apenas aqueles que têm poder e/ou estão expostos na mídia.

Martti Ahtisaari ofereceu o prêmio a todos os homens e mulheres que lutam pela paz no mundo, assim como a sua família que sempre o apoiou e esteve ao seu lado principalmente fazendo críticas construtivas.

Às 16h (13h)

Orquestra Filarmônica Real

Orquestra Filarmônica Real

É quando o evento começa em Estocolmo. A entrega dos prêmios é realizada na Konserthus (no Teatro Nacional). Primeiramente, os laureados são apresentados assim como suas descobertas. Depois, cada um individualmente recebe das mãos do rei Carl XVI Gustav o diploma e a medalha. Cada prêmio inclui também 10 milhões de coroas suecas.

Se vários forem laureados por prêmio, o mesmo será dividido. Aproximadamente 1500 pessoas assistem sur place a cerimônia. O Teatro Nacional estará decorado com 20 mil flores vindas diretamente de San Remo e terá como música de acompanhamento a Orquestra Filarmônica Real (foto).

Às 19h (16h)

Stadshus - Prefeitura de Estocolmo

O principal momento do dia é o banquete realizado no salão azul (Blå Hallen) da prefeitura de Estocolmo (foto) com 1300 pessoas. A festa começa com a entrada da famíla real e dos convidados no salão.

230 cozinheiros e 230 garçons/garçonetes trabalham na noite de hoje mas o menu só será revelado quando os convidados sentarem à mesa. Durante a noite, fanfarras, musica e entretenimento farão parte do roteiro da festa.

Além dos premiados e da família real, participam da festa o primeiro ministro da Suécia e outros membros do governo, o lider da oposição, antigos laureados do Nobel, representantes de diferentes partes do mundo científico, entre outros. Além disso 170 estudantes foram convidados.

Às 22h30 (19h30)

Após o jantar, é a dança que toma conta da noite.

Para quem quiser acompanhar a cerimônia ao longo do dia, a TV estatal sueca transmite a premiação e o banquete em 2008, inclusive pela internet.

A SVT1 estará exibindo a partir das 12h50 a entrega do prêmio em Oslo.

SVT 1 passa a transmitir Às 16h45 a partir do Teatro Nacional

SVT2 retoma a transmissão das 18h45 às 20h direto da Stadshus.

SVT1 volta a exibir o banquete e continua durante a festa.

Veja aqui como foi a festa do Prêmio Nobel em 2007.

Para saber quem foram os laureados deste ano, é só conferir o post do Prêmio Nobel 2008 – Ganhadores

  • A palavra em sueco do dia é bankett [bankêt] , banquete

Dois dias para a cerimônia do Nobel

E as baterias se esquentam. Faltam dois dias para a festa mais famosa do ano na Suécia: a cerimônia de entrega dos prêmios nobel no Teatro Nacional e o célebre banquete no salão azul da prefeitura de Estocolmo com a presença da família real.

Os premiados já se encontram na cidade desde o final de semana e a mídia acompanha todos seus movimentos e opiniões. Dicas de etiqueta e o com que roupa eu vou? pipocam nos sites de notícia.

Leiam aqui como foi a festa do Prêmio Nobel em 2007.

Para saber quem foram os laureados deste ano, é só conferir o post do Prêmio Nobel 2008 – Ganhadores

Enquanto isso, fico por aqui me recuperando de uma horrorosa crise de estômago que me acometeu este final de semana além de tentar me concentrar nos estudos para encarar provas em exatos 9/10 dias. :s

  • A palavra em sueco do dia é mage [mógue] , barriga, estômago

Prêmio Nobel

Todo dia 10 de dezembro a Suécia pára para acompanhar a cerimônia de entrega do Prêmio Nobel, na Konserthuset (Teatro Nacional), e o famoso jantar de gala que acontece a noite no Blå Hallen (salão azul) da Stadshuset (prefeitura). Foi neste dia, há 107 anos que os primeiros prêmios foram distribuídos na Antiga academia de música de Estocolmo (1901-1925).

Dois dos ganhadores deste ano não estarão presentes ao evento: Doris Lessing (literatura) e Leonid Hurwicz (um dos ganhadores do prêmio de Economia).

O dia começa na Konserthuset, onde 1800 convidados acompanham a cerimônia de entrega dos prêmios, às 16h30 (horário local)

A Tv 4 (privada) está com toda a programação dedicada ao prêmio. Já vi uma grande reportagem sobre Alfred Nobel, o discurso do prêmio nobel da paz, em Oslo, historia das joias que a rainha Silvia usou em 29 cerimônias que participou (este é o 30º ano), especulações sobre os penteados da rainha e princesas, entre outras coisas.

familiareal_nobel_2007.jpg

Família real

(Rainha Silvia, em vermelho, o Rei Carl XVI Gustaf, a Kronprinsessa Victoria; atrás estão sentados a princesa Madeleine e o príncipe Carl Philip)

Quero acompanhar toda a cerimônia e a festa pela TV já que este ano estou bem mais capacitada para entender inglês e o sueco. 😀 Posto aqui qualquer outra curiosidade que aparecer tanto na cerimônia quanto no jantar de gala.

.
Curiosidades

  • 23000 flores (orquídeas, rosas, lila entre outras) de diversas cores vieram de San Remo, onde Alfred Nobel passou seu último ano, para colorir os dois locais de festa.
  • 1800 1354 pessoas foram convidadas para o evento
  • 100 000 pessoas por dia visitam o site do nobel
  • 17 é o número de pessoas que cada ganhador do prêmio pode trazer para a festa
  • 170 estudantes são convidados a cada ano para particiar do evento
  • A lider do partido Social Democrata, Mona Salin, não estará presente no banquete de gala esta noite. Ela preferiu ir ao show de Bruce Springsten, onde ela terá a oportunidade de encontrar o seu ídolo. Ausência bastante comentada pela imprensa;
  • Antes da entrega de cada prêmio, uma pequena história sobre o merecido trabalho do premiado é discursada;
  • Receber o prêmio não é tão simples assim, tem lá seus protocolos. Depois de receber o prêmio das mãos do rei, os ganhadores devem agradecer três vezes: uma para o rei, outra para o comitê do nobel e outra para o público.
  • Há 111 anos (1896), morria dia 10 de dezembro, Alfred Nobel, idealizador do prêmio que leva seu nome. Em seu testamento constava que toda a sua fortuna devia ser dada à aqueles que prestaram um grande serviço à humanidade nas áreas de física, química, medicina, literatura e paz;
  • O prêmio Nobel da Paz é entregue em Oslo, capital da Noruega. Na época em que o prêmio foi criado existia uma união política entre a Suécia e a Noruega, formando um só país. Esta união foi desfeita em 1905, ficando a cargo do Comitê Noruegues do Nobel, a escolha e a entrega do prêmio da Paz;
  • O prêmio de Economia na realidade chama-se Prêmio de Ciências Econômicas em memória de Alfred Nobel e foi criado pelo Banco Central Sueco, em 1968. É o único dos prêmios que não é distribuído pelo Comitê do Nobel. Errôneamente, o prêmio de Economia é chamado de Nobel;
  • Hoje, 11 dezembro, no DN, é possível ver os vestidos das mulheres da família real, assim como de outras convidadas, que receberam nota de uma estilista (infelizmente não da para postar o link para os vestidos). Eu achei simples e lindo o vestido da princesa Victoria!;
  • Bagaceira – Uma das convidadas que trabalha num cargo de destaque na polícia sueca, confessou em entrevista (na entrada da Stadshuset) que ela e o marido comeram um hamburguer dentro do carro antes da festa. Ela explicou que em jantares finos como este a comida é pouca e por isso preferiu se “forrar o estômago” antes. Depois de uma (outra) pergunta nada discreta a reporter ainda levou um fora básico da convidada. Poderia ter ficado sem essa!!

.

  • A palavra em sueco do dia é Nobelpris [Nobélpriss], Prêmio Nobel