E a Noruega venceu e festejou com vontade

Pois é leitores! A Noruega levou merecidamente o Eurovision Song Contest (ESC) 2009. E eu acertei nas minhas previsões. 😀 Tá na hora de preparar um CV e enviar para a produção do Eurovision. hahaha O que acham?

Brincadeiras a parte, pensei que não veria a final do evento, já que foi o final de semana q iria para Sundsvall e a noite iria para um jantar de despedida com a turma. Não foi minha surpresa, no restaurante tinha uma TV que eu prontamente pedi para ligar. Nem precisava. Os garçons do local vieram a mesa pedir “autorização”, já que o aparelho se encontrava sobre nossa cabeça. (Sou a última da mesa no lado esquerdo!)

Turma do curso de fotojornalismo

 
Pois bem, assisti a apresentação de todas as músicas com certeza absoluta que Alexander Rybak, com a linda e doce Fairytale, iria levar o trofeu e o ESC para a Noruega. E o país não poderia ter ganho um melhor presente de aniversário. Dia 17 de maio é o dia Nacional da Noruega. Os nossos vizinhos tiveram ainda mais motivos para comemorar. 

Norwegian Eurovision Song Contest winner Alexa...
Image by AFP/Getty Images via Daylife

O mocinho, ao subir no palco e receber o prêmio, convidou os noruegueses para irem ao aeroporto recepcioná-lo. A Europa se encantou com a magia de Fairytale e a de Alexandre, cujo sorriso e expressões faciais são charmosíssimas. 

No jornal de hoje, uma matéria dizia que a Noruega ganhou mais um hino. Agora, com muito bom humor, os vizinhos declararam estar entre “Ja, vi elsker dette landet” (Sim , nós amamos este país, em Noruegues) e “Fairytale“.

Voltando os olhos para dentro de casa. A Suécia amargou o pior resultado dos últimos anos. Triste ver La voix acabar na 21° posição. Em entrevista ao Aftonbladet, Malena declarou que a Europa ainda não está preparada para acolher esse tipo de música. Não sei se concordo. Mas uma coisa me parece bem concreta. A Europa quer respirar novos ares. Ares juvenis.

De pais músicos (mãe pianista e pai violonista), Alexandre participou do Idolos noruegues e não ganhou. Ele tem 23 anos e compoe suas próprias músicas e letras. É um artista não fabricado, podemos assim dizer. E isso é bom para a música.

O segundo lugar da competição foi para Johanna, de 19 anos, representante da Islândia, que cantou a linda Is it True?. Segundo sua biografia, disponível no site do Eurovision, ela começou a cantar antes mesmo de falar. :roll:

O terceiro lugar ficou com o Azerbaijão, representado pela boneca AySel (de 19 anos) e do sueco-iraniano Arash. A quarta posição foi para a Turquia. Dum Ték Ték, cantada por Haside (23 anos) era uma das fortes canditadas ao prêmio da noite.  O quinto e sexto lugar ficaram respectivamente com o Reino Unido – Ewen (21 anos) – e com a Estônia – Sandra Nurmsalu (20 anos).

A lista completa dos participantes do Eurovision e suas respectivas classificações vocês podem encontrar aqui.

Estou satisfeitíssima com o resutado do ESC. Agora é arrumar as malas para rabalhar na Noruega durante o evento em 2010 😉

Enquanto 2010 não chega, apaixonem-se por Fairytale.

[youtube fBFFIL58UTM nolink]

  • A palavra em sueco do dia é fe [], fairytale, fada

 

Reblog this post [with Zemanta]

Eurovision 2009, Malena, TaTu e o exército russo

  • Turquia, Suécia, Israel, Portugal, Malta, Finlândia, Bosnia-Herzegovina, Romênia, Armênia e Islândia foram os 10 dos 18 países que garantiram sua vaga na final de sábado. Eles se juntam aos quatro países com vaga garantida na final (os patrocinadores) e ao vencedor do Eurovision 2008, França, Espanha, Alemanha, Reino-Unido e Rússia, respectivamente.
  • O Eurovision 2009, realizado em Moscou, Rússia, foi o mais caro evento realizado até agora. Cerca de 42 milhões de dólares (36,5 milhões vindos da Rússia e 6 milhões da Europea Broadcasting Union – EBU). Dez milhões a mais que a anfitriã de 2008, Belgrado, Sérbia.
  • Assim como o festival de Cannes, o Eurovision tem suas festas oficias e paralelas. A balada sueca foi em comemoração aos 35 anos de Waterloo, música que fez o ABBA ficar conhecido mundialmente e que deu o primeiro título à Suécia em 1974.
  • A apresentação de Malena foi muito bonita. Pena que o som parecia bem baixo, deixando a voz dela em excessiva evidência.
  • O canal estatal SVT1 preparou 1h de programa “As vozes de Malena” antes da exibição do Eurovision. Legal poder saber conhecer mais de perto essa artista que é bem famosa na Europa e principalmente no circuito de opera europeu mas pouco no próprio país. Caso ela não ganhe o Eurovision, acredito que o povo sueco já ganhou em conhecer um pouco mais do trabalho de Malena Erman.
  • Uma das músicas mais bonitas da noite vem de outro país nórdico. A Islândia. A balada Is it True cantada pela jovem de 19 anos Yohanna foi a última classificada para a final. Tem uma forte chance de se tornar um hit no verão.
  • Estava torcendo pela Suécia e pela Islandia. Não sei se posso dizer que gostei ou não gostei da apresentação da Bósnia. Ainda estou na dúvida. Algo me diz que gostei, mas tem alguma coisa que me incomoda.
  • Será que a Europa vai virar uma fabricante em série de “Britney”? A Turquia (um dos países favoritos a levar o prêmio, segundo vários “eurovision-experts” – a música Dum Tek Tek é um chiclete!), Romênia e outras que não me lembro se sacudiram tanto que fiquei me perguntando se a americanização tomou conta do pedaço. Uma lástima.
  • É impressão minha ou a cantora romena tem uma leve semelhança com Kate Hudson?

Kate Hudson after her appearance on the David ...

Image via Wikipedia

  • O que eram aqueles apresentadores?? A linda Natalia Vodyanova e o “ãhoqueéissomeudeus!” Andrey Malakov poderiam ter ficado em casa curtindo a festa. Deu pena de ver Natalia estabanada com o microfone na mão sem saber o que fazer e o pegajoso Andrey agarrado na menina e dando beijo nela a cada respiração. Um show de horror. Li por aí que eles não tiveram tempo nem de ensaiar o texto nem o posicionamento das câmeras . Foi, no mínimo, patético.
  • Momento constrangedor da noite: Antes da votação começar, a Rússia, como boa anfitriã, decidiu mostrar o que tem de mais forte. Seu exército. Sim leitores. O exército russo cantando em coral e diante dele danças tradicionais russas. O exército cantou também o tão famoso la la la la la la  música com a qual Silvio Santos costumava apresentar os jurados no Show de Calouros. Na verdade, fiquei sabendo ontem que essa música é originalmente russa (Dorogoi dlinnoyu) e que nos anos 60 os americanos fizeram uma versão inglesa (Those Were the Days). (Aguardem, o pior vem aí!)
  • Do nada, aparece a polêmica dupla russa, as meninas do T.a.T.u, cantando a música que as fez conhecida em todo o mundo Not gonna get us acompanhada do coral do exército russo.
  • Vocês podem dizer, mas o que tem de constrangedor? Sim, senhor@s, sem contar o exército, havia ao lado deles um tanque de guerra, em azul e decorado com flores, e um avião de guerra também com a mesma decoração. Nada sutil! (vejam o vídeo)

[youtube A32mhPvYlNc nolink]

  • Acham o Eurovision uma bobagem? O Google não. Eles desenvolveram um robo em seus motores de busca que visa “determinar” qual dos países em competição tem grande chance de ganhar, tudo baseado em resultado de buscas. Vejam aqui a “previsão googleana

previsao_google_eurovision

  • A Suécia participa não apenas com Malena mas em várias parcerias musicais com outros países. Espanha, Azerbaijão tem compositores e artistas suecos na disputa do Eurovision 2009. (se lembrar de outro país volto aqui!)
  • Querem saber quanto custa um bilhete para assistir ao Eurovision 2009 – Moscou in loco? Pois bem, para as semi-finais, 12 e 14 de maio, os ingressos variam de 18 a 445 euros.
  • Já para a final, dia 16 de maio, você interessado deverá desembolsar a quantia de 22 a 667 euros.
  • Ah, estarei torcendo pela Noruega na qunta-feira, 14 de maio. Do meu sofá de casa, claro! 😉

A palavra em sueco do dia é tävling [tévling], competição

Reblog this post [with Zemanta]

Notinhas sobre o Eurovision Song Contest 2009

The modern logo was introduced for the 2004 Co...
Image via Wikipedia

Os motores suecos para a competição musical mais aguardada do ano já estão ligados. Isto porque o Eurovision Song Contest, cuja primeira semi-final (com participação sueca) acontece já na próxima terça, tem sua final marcada para o dia 16 de maio, ou seja, próximo sábado.

(foto: Jenny Staaf)

Este ano, não comentei nada das eliminatórias suecas, não por falta de interesse, mas porque sei la, nada me empolgou. No entanto, a final do Melodifestivalen foi uma surpresa para muitos. A contribuição sueca para o Eurovision se chama Malena Ernman (foto), uma cantora de ópera que se aventurou no pop-ópera e agradou os nativos com a canção La voix (A voz, em frances). É como se fosse o Edson Cordeiro da Suécia! :roll:

Eu perdi de ver a participação de Malena em uma das eliminatórias. Mas ouvi e li o bafafá na mídia quando ela foi direto para a final sueca no Globen. Bom, gostei dela, do número e da música. Vamos ver agora se a voz poderosa de Malena vai fazer a Suécia, único país que escolhe democráticamente o artista para participar do Eurovision, chegar a final em Moscou.

Vejam o vídeo:

[youtube 5WH2OwJeMBE nolink]

solsorrindo.gifsolsorrindo.gifsolsorrindo.gif

Falando em Moscou, desde que a Rússia ganhou o Eurovision em 2008 uma limpeza geral está acontecendo nas ruas da capital. Não pensem que os garis estão tendo mais trabalho. A limpeza que o jornal da TV sueca nos mostrou ontem é canina. Isso mesmo.

SPOILED-ROTTEN-TO-THE-CORE dog
Image by ucumari via Flickr

Os cachorros sem dono que vivem pelas ruas da capital russa estão “misteriosamente” desaparecendo. Ahh, os cachorros com dono também. Tudo pelo “bem” do Eurovision (ou pelo “bem” do país). As imagem são chocantes. Tiros com tranquilizante, homens arrastando cachorros pelas ruas e jogando dentro de caminhões e cachorros mortos na mesma cela de cachorros vivos, estes bastante maltratados (imagens feitas por uma organização que luta pelos direitos dos animais).

Portanto, se você tem cachorro e está morando na Rússia no período do Eurovision, cuidado!

solsorrindo.gifsolsorrindo.gifsolsorrindo.gif

Uma outra notinha interessante sobre o Eurovision é a não-participação da Geórgia na competição por conta da canção escolhida. Vocês devem estar acompanhando o conflito político no Cáucaso. Então, os georgianos, inocentes ou não, indicaram a música  We Don’t Wanna Put In, que quando cantada soa como o sobrenome do todo poderoso monsieur Vlad. hohoho 

 

Bandeira da Geórgia

Bandeira da Geórgia

 

 

Resultado: A Geórgia foi intimada pela comissão do Eurovision a mudar sua contribuição, pois o evento não permite manifestações políticas. O país não aceitou e preferiu se retirar da competição.

Vejam o vídeo da música:

[youtube 7iRKCBR-Lcc nolink]

  • A palavra em sueco do dia é hund [rrund], cachorro

 

Reblog this post [with Zemanta]

Schlager ou Música Popular

Quinta-feira foi a semi-final e hoje será a final da competição musical mais badalada da Europa há 52 anos. O nome oficial do evento é Eurovision Song Contest, que nada mais é do que um concurso de músicas entre os países da Europa. Há alguns anos, outros países como Israel, Turquia, entre outros, começaram a ser incluídos à lista. Este ano foram 42 os participantes, mas apenas 24 estão na finalíssima de hoje.

O evento funciona assim: cada país escolhe a música que representará a nação e a escolhida disputa o título de vencedora (não consegui encontrar em lugar algum se existe um prêmio para o ganhador, sei apenas que o país vencedor realiza o concurso do ano seguinte e que os dez primeiros colocados vão direto à final do próximo ano). Em 2007 o evento acontece em Helsinki, na Finlândia. Para quem nao sabe, foi a partir deste concurso que o grupo sueco ABBA tornou-se mundialmente conhecido em 1974, ano em que saiu vitorioso com a música Waterloo.

Aqui dá-se uma importância enorme (maior que em outros países da Europa; ainda não descobri o porquê disso) a este concurso, cujo desfile de cafonices e bizarrices podem ser acompanhado por milhares de europeus. Apesar disso, me divirto muito. Vi pela primeira vez em 2004, na França, e tenho uma leve impressão de ter torcido ou pela Lituânia ou pela Letônia.

Para a escolha do representante viking houveram vários shows pelo país, durante o mês de março, com uma massiva participação de público, tanto in loco quanto por votos via mensagens de celulares (SMS) e ligações telefônicas. Este evento recebe o nome de Melodifestivalen (festival da canção). Os nativos escolheram The Worrying Kind (vejam clipe abaixo), do grupo The Ark. A banda surgiu em 1991 inspirada em artistas como David Bowie, The Dorrs e Kiss. Hoje, eles irão apresentar uma baladinha glam rock que, à primeira escuta, não me agradou muito, já que conhecia algumas músicas anteriores muito mais legais, mas que agora até gosto, na verdade, adoro quando tocam enquanto faço spinning :) .

[youtube urCLhm_VBsk nolink]

Os suecos estão super confiantes na vitória, já que o grupo possui grande carisma, público (eles são bem populares nos países vizinhos) e audiência. A Suécia participou de 46 das 52 edições, debutando em 1958, e teve quatro primeiros lugares: 1974, 1984, 1991 e 1999.

Os nativos levam tão a sério este concurso que, ao longo do mês de abril, uma das tevês públicas suecas preparou um programa cujo juri, composto por um especialista do Eurovision da Suécia, Islândia, Finlândia, Dinamarca e Noruega, dava notas e pareceres sobre cada participante do evento. Dessa forma, poderíamos nos preparar para ver e votar nos semi e nos finalistas durante os respectivos eventos. Na quinta, enquanto via a disputa, reconheci vários artistas e cheguei mesmo a me lembrar de alguns clipes. Ri bastante com os playbacks e as performances. Só assistindo para se ter uma idéia.

Ahh, já ia esquecendo de comentar. Eles usam o termo Schlager (gosto da pronúncia dessa palavra , algo que se assemelha a xlóguer), que quer dizer música popular, para designar o tipo de canção apresentada no Melodifestivalen e por causa da proximidade do evento foi e é possivel ouvir e ler esta palavra o tempo todo.

Hoje, muitos vão se reunir para assistir a final e nós não vamos ficar de fora dessa. Um amigo do meu viking está fazendo aniversário e a festa sera em frente a TV para assisitir o concurso. Estou toda animada para a festinha. O pessoal é muito gente fina e divertidos!!!

  • A palavra em sueco do dia Schlagerfestivalen, festival da música popular

Reblog this post [with Zemanta]