Nattknappen – “A tecla noturna”

Neste final de semana, a polícia de Estocolmo lançou um serviço que se chama “a tecla noturna” (tradução livre). Ele consiste em um plantão telefônico para o qual pessoas que estiverem se sentindo inseguras, ao por exemplo, voltar para casa após uma festa, possam ligar para conversar.

A idéia parece ótima! No entanto, poucas pessoas utilizaram o serviço no primeiro final de semana de funcionamento. O número do plantão de polícia “a tecla noturna” é 08 50 44 66 66 e ele ja está no meu telefone.

Todos que estiverem na rua entre as 22h e 3h30 da manhã durante o final de semana podem ligar. O serviço não é para ser usado quando você se sentir ameaçado, mas sim, quando sentir uma desagradável sensação de andar sozinho, no escuro e em lugar deserto. Quem estiver em situação de emergência ou se sentir ameaçado deve ligar para o 112.

Entre dois e três voluntários bem treinados, de um total de 30, ficam de plantão a cada final de semana. Os voluntários se encontram na central de polícia e estão prontos para alarmar a polícia em caso de, durante a conversa, acontecer algum tipo de violência com quem está ligando.

Segundo uma voluntaria do serviço, o objetivo do plantão é diminuir o sentimento de insegurança que muitos reconhecem ter e verificar se este metódo é efetivo.

O plantão “a tecla noturna” está em fase de teste e funcionará todas as noites de sexta para sábado e de sábado para domingo até 31 de janeiro, quando o serviço será avaliado. Em caso de avaliação positiva, se realmente existir interesse dos habitantes de Estocolmo, o serviço pode se tornar permanente.

Update: O plantão “a tecla noturna” tornou-se permanente desde o dia 27 de março para todos os moradores da região metropolitana de Estocolmo.

Quando li a matéria que fala deste plantão lembrei imediatamente do excelente post que Somnia escreveu sobre a primeira vez que ela sentiu medo na Suécia e de suas considerações sobre a violência.

Eu particularmente nunca senti medo na Suécia, mas confesso que dá um frio na barriga quando pessoas desconhecidas se aproximam do nada. Tento não dar bobeira e não deixar minha luz de atenção desligada, evito andar em locais que aparentemente são inseguros e, bom, quase nunca saímos a noite. Somos bem caseiros. :)

  • A palavra em sueco do dia é knapp(en) [knápp] , tecla