Essa tal igualdade…

Aqui na Suécia as coisas são bastante engraçadas. Tudo tem a ver com essa tal igualdade (de direitos, sexos, condições etc). Não que esteja achando ruim, muito pelo contrário. Fico feliz em viver num país que põe essas questões em pauta e em prática. Mas as vezes, por isso digo engraçado, parece coisa de criança!

A última delas foi a questão do trânsito. Esta semana foi publicado no DN que a cidade de Hässlehom, a 86 km Malmö, vai ter que esperar para a troca de algumas placas de transito nas quais homens atravessam a faixa de pedestre. Este homenzinho da placa é chamado de “Herr Gårman” (algo como, “O senhor pedestre”). A cidade gostaria de usar placas com mulheres, chamada “Fru Gårman” (algo como, A senhora pedestre).

O impedimento se deve pelo fato do governo afirmar que uma mudança de placas deste porte deveria ser implantada nacionalmente. A idéia (que por sinal, não é tão nova no país – outras cidades já tentaram implantá-la) está sendo estudada pela departamento de trânsito e o relatório deverá ser apresentado início de outubro.

  • A palavra em sueco do dia é jämställdghet [iêmstéldghet], igualdade (direitos, entre sexos etc)